Méier do ponto de vista imobiliário

Tradicional e antigo na cidade, o bairro do Méier herdou esse nome de um dos nobres que acompanhavam o imperador D. Pedro II – Augusto Duque Estrada Meyer.

O bairro é conhecido como Grande Méier e é uma subprefeitura desde 2013. Por conta disso, possui um comércio vasto e uma variedade de serviços e transportes.

É um dos bairros mais conhecidos da zona norte do Rio de Janeiro, e foi se modernizando ao longo do tempo, sendo conhecido atualmente como bairro de classe média.

Tem opções com bom custo-benefício para quem quer morar na cidade do Rio de Janeiro, por ser amplo, seguro e bem estruturado.

Nas ruas Pedro de Carvalho e Dias da Cruz é onde o comércio se tornou mais ativo, e quem opta por morar no local vai encontrar supermercados, academias, escolas, e até um hospital na região, o Hospital Salgado Filho.

O trem é um meio de transporte muito utilizado na região.

As estacões Méier e Silva Freire são responsáveis pelo deslocamento para diversas áreas da cidade, e além disso a região conta com terminais rodoviários, o Américo Ayres e Gelton Pacciiello Motta, com ônibus que interligam o bairro do Méier com os principais pontos do Rio de Janeiro.

Um dos grandes destaques do bairro é o Centro Cultural João Nogueira, também chamado pelos moradores de “Imperator”, que conta com salas de cinema, peças de teatro e show de artistas nacionais e internacionais.

Quem gosta de aproveitar a noite, pode curtir o chamado “Baixo Méier”, que reúne vários restaurantes e bares na zona norte carioca.

O bairro do Méier equilibra noites de agito com ruas tranquilas e familiares. Quem decide morar nesse bairro pode usufruir da sua infraestrutura e viver em uma vizinhança amigável.

É considerado um bairro pratico e de fácil acesso.

 

História

No século XVIII o bairro do Méier era uma fazenda de cana – de – açúcar, sendo que em 1760 houve um desentendimento entre os donos da fazenda e a corte, fazendo com que os donos fossem expulsos da fazenda.

Por conta disso, ela foi dividia em três partes: Engenho Novo, Cachambi e São Cristóvão.

Em 1884, Dom Pedro II deu de presente ao amigo Augusto Duque Estrada Meyer, que era filho do comendador português Miguel João Meyer, parte das terras do local.

Por causa de Augusto, a região ficou conhecida como Meyer, sendo adaptada para Méier depois de um tempo.

Os primeiros habitantes da região eram escravos fugidos que formaram quilombos nas terras.

O aniversario da estação ferroviária é utilizada como data de fundação do bairro – 13 de maio de 1889. Essa estrada de ferro foi muito importante para o progresso da região, que hoje é conhecida como Grande Méier.

 

Trânsito

Quem vem do centro em “horário de rush” acaba enfrentando congestionamentos na Avenida 24 de Maio e quem sai da linha amarela enfrenta trânsito lento em horários de pico entre as ruas Arquias Cordeiro, Borja Reis e Dias da Cruz.

A Rua Dias da Cruz é uma das ruas principais do bairro, e acaba gerando trânsito pois tem duas pistas em algumas partes, uma de ida e outra de volta.

As ruas mais valorizadas do bairro são:

 - Rua Barão de São Borja

 - Rua Carijós

 - Rua Vilela Tavares (entre Rua Carijós e Rua Dias da Cruz)

 - Rua Carolina Santos (entre Rua Carijós e Rua Dias da Cruz)

 - Rua Dias da Cruz (no trecho entre Rua Vilela Tavares e Rua Carolina Santos) - A região é uma espécie de quadrilátero de altos valores no bairro.

 - Rua Comendador Philips

 - Rua Salvador Pires

 - Rua Padre Ildefonso Penalba (entre Rua Coração de Maria e Rua Getúlio)

 - Rua Coração de Maria (entre Rua Salvador Pires e Rua Castro Alves).

 

Educação

O bairro do Méier conta com escolas muito boas, particulares, estaduais e municipais.

O Colégio Imaculado Coração de Maria é o mais antigo da cidade, fundado em 1914. Também se destaca o QI Metropolitano, que foi fundado em 1932 e fica na mesma rua do Shopping do Meier, contando com duas unidades no bairro.

Também destacamos os colégios Hélio Alonso e Martinsinho. O bairro do Méier também possui várias escolas de idiomas, como Brasas, CCAA, Cultura Inglesa, Ibeu, Yes, Wizard e Fisk. As escolas Intellectus, PENSI e Miguel Couto oferecem cursos pré-vestibulares, e entre as universidades estão a Estácio de Sá, Cândido Mendes, Unicarioca e Unigranrio.

 

Saúde

O Hospital Municipal Salgado Filho é um dos hospitais públicos de emergência da cidade do Rio de Janeiro. Ativo desde 1920, recebeu esse nome em 1977 e conta com um subsolo e sete andares.

Próximo ao bairro do Méier, no bairro Todos os Santos está situado o Hospital Pasteur, que foi inaugurado em 2005, possuindo atendimento 24 horas, emergência e clínica médica geral.

 

Restaurantes

A prefeitura criou o Polo Gastronômico do Alto Méier em 2016. Os restaurantes desse polo ficam na Rua Galdino Pimental, e os com mais destaque são o Bar do Adão, Vizinhando, Choperia Cometa Express, Urbano Hamburgueria e o Japinha Carioca.

Um dos restaurantes mais famosos do bairro é a Casa do Bacalhau, especialista no prato de mesmo nome, que já reuniu diversas celebridades internacionais em visitas ao Rio de Janeiro.

 

Lazer

Além de várias opções de bares, onde dá para curtir um bom happy hour, também há dois shoppings como opção para um bom passeio, o Norte Shopping e Shopping do Méier.

O bairro também possui quatro cinemas, sendo que o mais famoso dele, que já falamos acima é o Cine Imperator. Em 1991 o Cine Imperator foi transformado em uma casa de shows, mas encerrou suas atividades em 1995.

Os outros cinemas também foram fechados ou transformados em igrejas evangélicas, porém, quando o Imperator reabriu, em parceria com a prefeitura, o grupo Severiano Ribeiro inaugurou mais 3 novas salas de cinema – o Cinecarioca Méier.

Os locais do bairro do Meier que são considerados mais relevantes são:

 - Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro

 - Basílica do Imaculado Coração de Maria

 - Baixo Méier

 - Centro Cultural João Nogueira

 - CineCarioca Méier

 - Praça Jardim do Méier

 - Sport Club Mackenzie

 - Shopping do Méier

 - Méier Off Shopping

 - Galeria Condado de Estoril

 - Fórum Regional do Méier

 

Por que morar no Méier?

Conhecido por ser uma referência na zona norte da cidade, a região equilibra, de forma saudável, um clima vibrante e animado, com muitas ruas familiares e tranquilas. Assim, os moradores têm a oportunidade de desfrutar uma infraestrutura excelente com uma vizinhança acolhedora.

A mobilidade do bairro é ótima, sendo que o trem é o meio de transporte publico mais utilizado pelos moradores. Os ônibus ligam o bairro do Méier ao centro da cidade do Rio de Janeiro em um percurso de aproximadamente 20 minutos.

 

 

FAQ

 

É bom morar no Méier?

O bairro do Méier conta com um grande comércio e uma ampla variedade de serviços, sendo também conhecido por ser um bairro residencial e acolhedor. Atualmente é conhecido como um bairro de classe média alta que tem ótimas opções de imóveis com bom custo-benefício para quem procura um lugar para morar.

 

Na zona norte, o bairro do Méier é o 4º com maior Índice de Desenvolvimento Humano e esta atrás apenas do Jardim Guanabara, Maracanã e Grajaú. Um ponto alto nessas estatísticas é a valorização dos espaços.

 

Quantos anos têm o bairro do Méier?

O bairro foi criado em julho de 1981 e conta com uma área total de 247,09 habitantes por km2.

 

Qual praia fica mais perto do Méier?

A praia de Copacabana fica a 18 km de carro do bairro e é considerada a praia própria para banho mais próxima do Méier. O trajeto dura aproximadamente 30 minutos em condições normais de trânsito.

 

O que fazer no bairro do Méier a noite?

A melhor opção é frequentar um dos bares do Baixo Méier, que fica próximo a estação de trem do bairro, e tem uma vasta quantidade de bares e restaurantes. Esse local virou ponto de encontro da boemia.

 

Por que o bairro do Méier é considerado como um dos bairros cariocas mais famosos?

O bairro do Méier se tornou famoso por conta da infraestrutura que oferece e pela intensa agenda cultural. Acredita-se que ficou mais popular na década de 1950, quando foi inaugurado o Imperator, o maior cinema da cidade. Esse cinema ficou famoso por ser a maior sala da América Latina, com 2.800 lugares.

 

Quais são os famosos que nasceram ou viveram no bairro do Méier?

Fátima Bernardes, Aracy de Almeida, Sérgio Cabral Filho, Roberto Carlos, Luís Carlos Prestes, Astrid Fontenelle, Latino, Samara Felippo, Adriana Esteves, Lima Barreto, Martinho da Vila, Daniel Filho, João Nogueira, Millôr Fernandes, Denise Fraga, Elza Soares, Sandra de Sá.

Preço médio dos apartamentos no bairro Méier

  • Mediana do preço de apartamentos anunciados para venda
    R$ 405.000
    amostra = 4 apartamentos
  • Mediana do preço de apartamentos anunciados para aluguel
    R$ 0
    amostra = 2 apartamentos
Casa
Quer morar no bairro Méier? Então veja:
Casa
Quer trabalhar no bairro Méier? Então veja:
Receber Atendimento